O TARÔ ORIENTAÇÃO TERAPÊUTICA

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Adivinhação e autoconhecimento duas visões excludentes

Atualmente o Tarô é usado a partir de duas visões radicalmente diferentes e excludentes que são a adivinhatória ou futurológica e a de autoconhecimento. Enquanto o Tarô adivinhatório pretende conhecer o futuro, o Tarô de autoconhecimento procura a transformação do ser humano. 
O Tarô adivinhatório pretende conhecer fatos, o Tarô de autoconhecimento pretende compreender os fatos conhecidos. Existem diferentes modalidades de Tarô de autoconhecimento. Cabe destacar a psicomagia de Jodorowsky, a línea Junguiana de Giancarlo Schmide do Enrique Ezquenazi.

O Tarô Terapêutico tem como objetivo sintonizar o individuo com a sua essência e identificar e ajudar a resolver bloqueios, medos e padrões de comportamento que dificultam sua realização plena. Para o Tarô Terapêutico o centro não está nos fatos e circunstâncias, mas no individuo que as vive.

O Tarô Terapêutico parte de 5 princípios:

1. - Nossas vidas não são o produto das circunstâncias, mas de nossas decisões, somos plenamente responsáveis pela vida que temos.

2. - Tomamos nossas decisões a partir de nossas crenças y padrões de comportamento nelas enraizados, construímos nossa vida a partir de nossas crenças.

3. - O principal obstáculo para atingir a realização em qualquer aspecto da vida somos nos mesmos, isto é, nossas resistências a mudar as crenças e padrões de comportamento que não funcionam.

4.- Atraímos o que precisamos para crescer e não nossos caprichos mentais.

5. - Cada um de nós leva dentro de si mesmo os potencias necessários para realizar-se em todos os aspectos e ser feliz.

A felicidade e a fortuna são questões de escolha e não de sorte. Osho
A visão adivinhatória e a de autoconhecimento discrepam em três questões fundamentais que devem ficar bem claras:

1. A Questão do Destino": Para quem faz futurologia, o Tarô é um intermediário entre o Todo-Poderoso destino e os simples mortais. Assim estes são reduzidos a espectadores de suas próprias vidas.

*Para o Tarot terapêutico somos os cozinheiros de nosso destino, continuamente o estamos criando a partir de nossas escolhas e em qualquer momento podemos mudá-lo. Futuro e destino são a resposta do universo a nossos atos, omissões e pensamentos, como a força física de ação e reação que em Oriente é conhecida como Lei do Karma. É claro que nossa capacidade de transformar nossas vidas, isto é, de criar nosso futuro segundo nossos desejos será proporcional a nossa consciência. O Tarô bem usado é uma ferramenta para mudar o destino, pois nos ajuda a tomar consciência do que realmente está atrapalhando nossa realização e mostra que atitudes são necessárias para liberar-nos.

2. A Questão da Responsabilidade: Para o Tarot adivinhatório o ser humano é um perfeito irresponsável. Que responsabilidade pode ter alguém cuja vida está amarrada ao destino, até o ponto de poder conhecer seu futuro? Liberdade e responsabilidade caminham juntas. Se insistirmos em mostrar para nossos consulentes que suas vidas são o produto de estranhas e imprevisíveis forças como sorte, azar, vontade divina, quando não de trabalhos de magia onde intervêm entidades não encarnadas, estamos degradando seres humanos para a categoria de escravos que nunca poderão libertar-se por si mesmos. E então chegam os salvadores...

*Segundo a visão terapêutica somos totalmente responsáveis pela vida que levamos. Parar de colocar a responsabilidade (ou a culpa) de nossa situação nos outros, no companheiro(a), nos pais, no chefe, no governo, no destino... é o primeiro passo para mudar. A felicidade é a fortuna são questões de escolha e não de sorte.

3. A Questão do Bem e do Mal: O bem e o mal não são verdades absolutas. O que é bom para uma pessoa hoje, pode não sê-lo amanhã. O que é bom para mim, pode não sê-lo para você. Quem pretende ajudar a curar a alma não pode trabalhar com verdades absolutas ou doutrinas, pois não existem doenças e sim doentes. No entanto considerar que existe um aspecto nosso, particularmente íntimo que não foi atingido pelas manipulações e chantagens da programação familiar, onde repousa a essência do ser humano, o Ser Superior ou Supra-consciência pode ajudar-nos muito no nosso trabalho. Estas considerações são alheias ao Tarot adivinhatório que geralmente toma emprestados seus conceitos de bem e mal das religiões oficiais, doutrinando ainda mais a seus consulentes e dificultando que eles sejam eles mesmos.

Leituras de Tarô Terapeutico com hora marcada (11)995235881 Vivo ou (11)987037422 Psicoterapeuta Holistica Andreia Corazza CRTH BR 0332
O TARÔ ORIENTAÇÃO TERAPÊUTICA O TARÔ  ORIENTAÇÃO TERAPÊUTICA Reviewed by Saber do Oriente on 11:47 PM Rating: 5
Tecnologia do Blogger.